PUBLICIDADE
Actualidade

Orquestra de Macau convida maestro português para digressão à China e Portugal

26 | 06 | 2019   06.05H

O maestro português Pedro Neves disse à Lusa que vai colaborar com a Orquestra Sinfónica Jovem de Macau numa digressão à China e Portugal para assinalar os 40 anos de relações diplomáticas entre os dois países.

O convite surgiu porque a Orquestra Sinfónica Jovem de Macau "gostaria de trabalhar com um maestro português nesta digressão", que inclui três concertos em Portugal, explicou Pedro Neves, maestro principal da Orquestra Clássica de Espinho.

O objetivo da digressão é celebrar não apenas o 20.º aniversário da transferência de administração de Macau, mas também o 40.º aniversário do restabelecimento de relações diplomáticas entre Portugal e a China.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE