PUBLICIDADE
Actualidade

Sociedade de Endocrinologia pede à UE medidas para combater substâncias químicas

26 | 06 | 2019   07.34H

A Sociedade Portuguesa de Endocrinologia, Diabetes e Metabolismo (SPEDM) apelou hoje à União Europeia para que implemente medidas para combater a "ameaça" de substâncias químicas potencialmente nocivas para a saúde presentes em alimentos e produtos cosméticos.

Numa carta enviada na terça-feira ao ministro do Ambiente português, João Pedro Matos Fernandes, que hoje vai estar presente na reunião do Conselho Europeu do Ambiente no Luxemburgo, a SPEDM apela à União Europeia que "passe à ação no combate à ameaça" daquelas substâncias químicas.

Em causa estão os Disruptores Endócrinos Químicos (DEQs), substâncias químicas que podem interferir no sistema endócrino do corpo, presentes em alimentos, cosméticos, móveis, produtos de limpeza, brinquedos e água potável.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE