PUBLICIDADE
Actualidade

Sindicato prepara "estratégia jurídica" para impedir 40 horas semanais na CNB

26 | 06 | 2019   13.53H

O Sindicato dos Trabalhadores de Espetáculos, do Audiovisual e dos Músicos (CENA-STE) vai preparar uma "estratégica jurídica" para impedir o Governo de repôr as 40 horas semanais dos trabalhadores da Companhia Nacional de Bailado.

"Não sabemos qual será a estratégia jurídica a seguir, mas vamos fazer alguma coisa nesse sentido", disse hoje à agência Lusa André Albuquerque, do sindicato, no final de um plenário com cerca de 200 trabalhadores da Companhia Nacional de Bailado (CNB) e do Teatro Nacional de São Carlos (TNSC).

Os trabalhadores tomaram a decisão um dia depois de o Ministério da Cultura ter anunciado que irá repor o regime de 40 horas semanais aos trabalhadores da CNB - mais cinco do que as 35 horas atualmente aplicadas -, a partir de segunda-feira, 01 de julho.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • NÃO QUEREM FAZER NADA ACABEM COM C N B E O RESTO O PAÍS NÃO PRECISA DISSO PARA NADA
    O povinho | 26.06.2019 | 15.39Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE