PUBLICIDADE
Actualidade

Estudo de Impacto Ambiental desfavorável trava construção de três hotéis em Portimão

26 | 06 | 2019   17.02H

O Estudo de Impacto Ambiental (EIA) desfavorável travou a construção de três hotéis junto à Praia da Rocha, em Portimão, avançou hoje a secretária de Estado do Ordenamento do Território e da Conservação da Natureza.

Célia Ramos falava na Comissão de Ambiente, Ordenamento do Território, Descentralização, Poder Local e Habitação, a requerimento do Bloco de Esquerda, pedido em 22 de março deste ano, que pretendia explicações relativamente ao projeto imobiliário previsto para o espaço natural conhecido como João de Arens, junto à Praia da Rocha, no Algarve.

Implementado numa área de 31,69 hectares, o projeto consiste num loteamento urbano para fins turísticos, constituído por três lotes, cada um destinado a um estabelecimento hoteleiro com um máximo de três pisos, num total de 411 quartos, num investimento estimado entre 40 a 45 milhões de euros.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE