PUBLICIDADE
Actualidade

Ministério Público acusa bancária de se apoderar de quase 194 mil euros de clientes

26 | 06 | 2019   17.31H

O Ministério Público (MP) acusou uma funcionária de um banco de se apoderar de quase 194.000 euros de contas de clientes da instituição bancária na qual trabalhava, anunciou hoje a Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa (PGDL).

Em nota publicada na página da internet, a PGDL indica que o MP requereu que a bancária seja julgada por um tribunal singular (só um juiz) pelos crimes de burla informática e nas comunicações, de falsidade informática, de falsificação, de abuso de confiança e de acesso ilegítimo.

A funcionária trabalhou na instituição bancária em causa entre 13 de maio de 2010 e 30 de junho de 2017.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

2 comentários

  • É um roubo e deve como tal ser julgado e castigado. Mas os outros roubos? não de centenas de milhares, mas de milhões, muitos milhões, que o Estado faz? Os contractos que o Estado rasgou para legitimar esses roubos?
    Dono dos Burros | 26.06.2019 | 18.40Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • O MINISTÉRIO PÚBLICO DEVIA DE SE PRONUNCIAR DOS IMPOSTOS QUE O CONTRIBUINTE PAGA MAIS NESTA TERRA
    O povo | 26.06.2019 | 18.06Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE