PUBLICIDADE
Actualidade

Hospitais terão mais autonomia de gestão já a partir deste ano

05 | 07 | 2019   08.47H

Os hospitais, institutos e unidades locais de saúde EPE do Serviço Nacional de Saúde (SNS) vão ver reforçada já a partir deste ano a sua autonomia de gestão, podendo contratar e substituir pessoal, anunciou hoje o Ministério da Saúde.

De acordo com o Ministério da Saúde (MS), o despacho conjunto dos secretários de Estado da Saúde e das Finanças já foi assinado e prevê que durante este ano e nos anos seguintes seja desenvolvido e aplicado o projeto de reforço da autonomia de gestão das Entidades Públicas Empresarias (EPE) que integram o SNS.

Este projeto abrange todos os hospitais, centros hospitalares, institutos portugueses de oncologia e unidades locais de saúde (ULS) EPE do SNS, agrupando-os em três grupos por níveis de eficiência.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

2 comentários

  • Já eram empresas pelos visto fictícias.As PPP tem completa autonomia quase total.Naos se percebe tanta incoerecia.Aliaz a tal NOVA LEI DE BASES DA SAUDE a ser aplicada pode levar á queda da economia e falência de bancos e empresas.A FOSUN um exemplo entrer tantos é dona do BCP,Fidelidade, Hospital da LUZ etcse falir e regressar á china o que será dos PPRs da fidelidade,do BCP e hospital.Quando se toca numa lei é preciso verificar devidamente as consequências.Vamos pagar novamente outro BANCO e perder FIDELIDADE??Neste caso não estão a atacar uma empresa mas o próprio estado CHINES.Estas politicas de ziguezagues criam insegurança e mais DIVIDA .Quando se toca num elemeto de um puzzle montado é preciso visão para as consequências.Governar sem abrangência é desgovernar e bancarrota.
    licas | 09.07.2019 | 14.15Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Qualquer sistema de gestão serve se tiver capacidade adaptativa ,agora passar do 8 para o 80 será confuso.Tudo vai depender da MAIS AUTONOMIA , suas regras e orçamentos.
    cecilia | 05.07.2019 | 11.38Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE