PUBLICIDADE
Actualidade

Portugal não pode descansar nas metas do VIH e tem de melhorar diagnóstico precoce - MS

05 | 07 | 2019   17.16H

A secretária de Estado da Saúde considerou hoje que Portugal "não pode ficar descansado", apesar de ter alcançado as metas da ONU relativas ao VIH/sida, avisando que é preciso trabalhar mais no futuro, sobretudo para diagnosticar a doença mais precocemente.

Raquel Duarte louvou o esforço do país para atingir as metas definidas pelas Nações Unidas para o VIH/sida, mas considerou que não se pode "festejar demasiado" nem "ficar descansado".

"O futuro vai exigir que trabalhemos muito mais. Temos de aumentar a literacia da população, reduzir comportamentos de risco em toda a população, temos de alargar os rastreios e chegar à população que não se considera em risco, temos de garantir uma adesão ao tratamento até ao final", afirmou em declarações à agência Lusa à margem da apresentação de resultados sobre o VIH/sida hoje feita em Lisboa.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE