PUBLICIDADE
Actualidade

Viúva de trabalhador que morreu após cair alcoolizado recebe pensão vitalícia

10 | 07 | 2019   17.37H

O Supremo Tribunal de Justiça (STJ) condenou uma empresa de Ovar e uma seguradora a pagar uma pensão anual e vitalícia à mulher de um homem que morreu após cair no local de trabalho, quando se encontrava alcoolizado.

O acórdão do STJ, consultado hoje pela Lusa, negou o recurso interposto pelas rés, confirmando a decisão do Tribunal da Relação do Porto.

Numa primeira fase, o Juízo do Trabalho de Aveiro tinha julgado improcedente a ação intentada pela viúva, absolvendo a empresa e seguradora do pedido, mas o Tribunal da Relação revogou esta decisão.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE