PUBLICIDADE
Estado da Nação

PAN defende que viabilidade do SNS requer aposta na prevenção da doença

10 | 07 | 2019   18.23H

O deputado único do partido Pessoas-Animais-Natureza (PAN) defendeu hoje que a viabilidade do Serviço Nacional de Saúde (SNS) depende da "promoção da saúde" e da "prevenção da doença", o que considerou possível apesar de "dar trabalho".

Falando durante o debate sobre o estado da nação, que decorre na Assembleia da República, em Lisboa, André Silva considerou que "a viabilidade do SNS só se consegue através de uma aposta na promoção da saúde e na prevenção da doença".

"Os recursos finitos, técnicos, humanos e financeiros não conseguem responder às necessidades e aos custos crescentes, tornando o SNS cada vez mais insustentável", acrescentou, justificando que "não se debate o fundamental, a prevenção" e que "a nação não tem apostado em políticas de longo prazo direcionadas à saúde e bem-estar das pessoas".

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • Mas o partido contra os cornos e beatas tem noção do esforço necessário para fazer uma medicina totalmente preventiva.Seria se fosse abrangente e não um aborto tao oneroso como o atual SNS estatal.A prevençao holística é uma miragem,não existe em qualquer parte do MUNDO conhecido.A prevenção parcial e com objetivos definidos é possível e está a ser feita ,não chega criam riqueza para atingir mais SAUDE etc.
    Laura | 11.07.2019 | 12.53Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE