PUBLICIDADE
Actualidade

Adalberto Campos Fernandes diz que SNS está "vivo e forte"

11 | 07 | 2019   11.39H

O ex-ministro da Saúde Adalberto Campos Fernandes defende que o Serviço Nacional de Saúde (SNS) está "vivo e forte", apesar de "tanto ruído e tanto ataque político".

"Creio que os portugueses já não suportam este ataque diário, permanente e insistente, que apenas serve para dar a ideia de que o SNS está acabado e que as pessoas têm de procurar outra alternativa", afirmou Campos Fernandes, que saiu da pasta da Saúde em outubro passado.

O ex-governante, que comentava as conclusões do Relatório da Primavera 2019, que está hoje a ser apresentado em Lisboa, entende que o documento sinaliza que o sistema de saúde resiste e "serve bem os portugueses".

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • O SNS estatal está melhor que em 1973 mas já lá vao 46 anos e tem sempre sido puxado pelo privado.Onde apareceram os primeiros TACS,ECOS,Ressonancias ,Litroticia etc no privado .Onde existem mais aparelhos de ultima geração no PRIVADO etc.Onde são prestados os cuidados mais onerosos e pesados no PUBLICO.Onde há brutais listas de espera no PUBLICO.Onde se paga pior vencimentos no Publico.Onde se param as carreiras no PUBLICO.Temos um SNS politizado e não há dinheiro para estar com tratamentos e equipamentos de ponta.A lei ARNAUT é uma mumia de 1979 foi importante mas sempre insustentável.Assuma-se a realidade e planifique-se melhoramentos segundo o PIB e medidas racionais.
    Mumia | 11.07.2019 | 12.27Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE