PUBLICIDADE
Actualidade

Dificuldades nas escalas de Urgência Pediátrica do Algarve resolvidas no final de mês -- ministra

12 | 07 | 2019   14.39H

A ministra da Saúde, Marta Temido, reconheceu hoje que as dificuldades que têm afetado as escalas dos serviços de Urgência Pediátrica e Obstetrícia nos hospitais algarvios só deverão estar resolvidas no final do mês de julho.

"A nossa expectativa é de que a partir do final de julho consigamos responder à escala sem dificuldades. Os dias deste fim de semana [13 e 14 de julho] e do próximo fim de semana [20 e 21] são ainda períodos complicados para nós", admitiu a governante, à margem de uma visita ao Hospital de Faro.

Marta Temido tinha visitado, na manhã de sexta-feira, o Hospital de Portimão, onde este fim de semana a Urgência Pediátrica poderá ficar sem médicos especializados.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE