PUBLICIDADE
Actualidade

Pedidos de refúgio de cubanos no Brasil triplicam após fim do programa Mais Médicos

14 | 07 | 2019   13.27H

Os pedidos de refúgio de cubanos no Brasil quase triplicaram após o fim, em novembro de 2018, do programa Mais Médicos, que trouxe clínicos de Cuba para o Brasil, divulgou hoje a imprensa brasileira.

De acordo com o portal de notícias brasileiro G1, entre novembro de 2018 - mês do fim do convénio com Cuba - e abril de 2019, o Comité Nacional para os Refugiados (Conare) recebeu 12,6 solicitações por dia.

De novembro de 2017 a abril de 2018, quando a parceria estava em pleno vigor, a média era de 4,86 pedidos por dia, segundo os dados do Conare.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • O País de sonho do BE e PCP para onde os mesmos deveriam ir viver é tao democrático e pleno de liberdades que os seus residentes fogem deste sublime regímen que inclusive tem operacionais militares na Venezuela onde compram petróleol etcCUBA após queda URss é im caos miserabilista .É isto que PCP,BE e esquerda do PS defendem para PORtugal????.que continua há 40 anos na cauda de EU?
    Abutre | 14.07.2019 | 14.28Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE