PUBLICIDADE
Actualidade

Vinte milhões de crianças sem vacinas contra sarampo, difteria e tétano em 2018

15 | 07 | 2019   15.00H

Vinte milhões de crianças em todo o mundo não foram vacinadas em 2018 contra doenças como sarampo, difteria e tétano, segundo a UNICEF, que alerta para a "perigosa estagnação" das taxas de vacinação por causa dos conflitos e da desigualdade.

Em comunicado, o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), citando dados também da Organização Mundial de Saúde (OMS), diz que globalmente a cobertura de vacinação com três doses de difteria, tétano e tosse convulsa e uma dose de vacina contra o sarampo estagnou por volta dos 86%.

Apesar de reconhecer que se trata de uma taxa de cobertura elevada, a UNICEF sublinha que "não é suficiente", apontando para a necessidade de uma cobertura de 95% em todo o mundo para proteger contra surtos de doenças evitáveis por vacinação.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE