PUBLICIDADE
Actualidade

Suspensão de vistos a iranianos deve-se às condições de funcionamento da secção consular - MNE

16 | 07 | 2019   20.38H

O ministro dos Negócios Estrangeiros português esclareceu hoje que a suspensão de vistos a cidadãos iranianos se deve às "condições de funcionamento da secção consular" em Teerão e nada tem a ver com questões de segurança naquele país.

O esclarecimento surge depois de Augusto Santos Silva ter anunciado em comissão parlamentar que Portugal suspendeu a autorização de vistos a cidadãos do Irão por questões de segurança, sem, contudo, explicar as razões da decisão.

Numa nota emitida ao final do dia de hoje, o chefe da diplomacia portuguesa justifica o esclarecimento "para que não haja interpretações erróneas desse facto".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE