PUBLICIDADE
Actualidade

Ministro do Ambiente explica rede de abastecimento de emergência para enfrentar greve

18 | 07 | 2019   18.19H

O ministro do Ambiente explicou hoje que o Governo desenvolveu uma rede já existente de postos estratégicos de abastecimento de combustível, para enfrentar uma greve no setor, mas adiantou que espera que não seja utilizada.

João Pedro Matos Fernandes comentava aos jornalistas a rede de abastecimento de emergência para o caso de uma greve de motoristas de combustíveis, à qual hoje o secretário de Estado da Energia, João Galamba, já se tinha referido.

"Existia uma rede de postos estratégicos para abastecimento do país em casos de rotura ou em casos de greves como esta, e aquilo que nós fizemos foi desenvolver essa mesma rede. Hoje temos já definidos quais são, ao longo de todo o país, os postos que são para abastecimento exclusivo das forças de segurança, dos bombeiros, das ambulâncias que transportam doentes, quais os postos que tem também que ter combustível para servir o comum dos cidadãos", explicou Matos Fernandes.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE