PUBLICIDADE
Actualidade

Presidente brasileiro admite que pretende "beneficiar filho" em resposta a críticas

19 | 07 | 2019   03.38H

O Presidente brasileiro admitiu, na quinta-feira, que "pretende beneficiar" o terceiro filho, o deputado Eduardo Bolsonaro, indicado para embaixador nos Estados Unidos, mas garantiu tratar-se apenas de uma estratégia de política externa.

"Pretendo beneficiar um filho meu, sim. Pretendo, está certo. Se puder dar um 'filé mignon' ao meu filho, eu dou. Mas não tem nada a ver com 'filé mignon' essa história aí. É aprofundar um relacionamento com um país que é a maior potência económica e militar do mundo", reconheceu Jair Bolsonaro, numa transmissão em direto na rede social Facebook.

O chefe de Estado brasileiro rebateu as críticas de que tem sido alvo por nomear o filho para o cargo de embaixador, acrescentando que podia nomear Eduardo Bolsonaro como ministro das Relações Exteriores e enviar o atual detentor da pasta, Ernesto Araújo, para a embaixada em Washington.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE