PUBLICIDADE
Actualidade

Bastonário defende maior aposta na prevenção e cheque-dentista para menores de 6 anos

19 | 07 | 2019   09.24H

O bastonário dos médicos dentistas defende uma maior aposta na prevenção em detrimento da abordagem direcionada para o tratamento na área da saúde oral, considerando que não faz sentido o cheque dentista não abranger menores de seis anos.

Questionado pela agência Lusa a propósito de um estudo publicado na revista The Lancet, que conclui que a saúde oral está há demasiado tempo separada da política global de saúde e que é preciso reforçar as medidas contra os fatores de risco, o bastonário da Ordem dos Médicos Dentistas considera "inadmissível" que as políticas de saúde estejam mais viradas para o tratamento da doença.

"É inadmissível que o programa nacional de saúde oral, na vertente cheque dentista, não contemple as crianças abaixo dos seis anos. Estamos a deixar que as crianças até essa idade não tenham qualquer acompanhamento em termos de saúde oral", afirmou Orlando Monteiro da Silva.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE