PUBLICIDADE
Tancos

Despacho do MP revela que Azeredo Lopes sabia desde o início do "encobrimento"

19 | 07 | 2019   19.45H

Um despacho do Ministério Público revela que o ex-ministro da Defesa Azeredo Lopes sabia desde o início de todo o plano da Polícia Judiciária Militar para recuperar o material roubado de Tancos, notícia hoje a revista Sábado.

A revista, que teve acesso ao despacho de apresentação de Azeredo Lopes ao juiz de instrução, dá conta que, já em agosto de 2017, dois meses antes do "achamento" do material militar, o ex-ministro foi informado da investigação paralela da PJ Militar.

Segundo o despacho do MP, os procuradores do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) sustentam que, em agosto de 2017, dois meses antes do "achamento", Azeredo Lopes teve uma reunião no Ministério da Defesa com o ex-diretor da Polícia Judiciária Militar, Luís Vieira, na qual foi informado - e deu o aval - do plano para a recuperação do material.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • O MP continua apostado em derrubar o Costa? Na américa a CIA, o FBI e a NSA tentaram o mesmo com o Trump. Há que pensar em dar uma varredela a esta clique justicialista.
    Dono dos Burros | 19.07.2019 | 22.14Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE