PUBLICIDADE
Actualidade

Justiça americana desiste das acusações contra Cristiano Ronaldo

22 | 07 | 2019   20.56H

A Procuradoria de Clark County, nos Estados Unidos, decidiu hoje não acusar Cristiano Ronaldo por violação a Kathryn Mayorga, alegando que as provas contra o futebolista internacional português não são inequívocas.

"O Gabinete da Procuradoria de Clark County anunciou ter hoje ter rejeitado a acusação de violação contra Cristiano Ronaldo, por atos ocorridos há 10 anos", refere o comunicado emitido pela Procuradoria de Clark County nas redes sociais.

No mesmo documento, o gabinete da Procuradoria avança que "tendo em conta a informação disponível, as alegações de violação contra Cristiano Ronaldo não podem ser provadas, por não serem inequívocas", pelo que "não serão feitas mais acusações".

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • O dinheiro compra tudo. Saia mais uma medalha e um estátua para o cidadão exemplar da República dos Bananas.
    Dono dos Burros | 22.07.2019 | 21.30Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE