PUBLICIDADE
Actualidade

Obra do quebra-mar de Leixões não vai ter implicações na qualidade da água e erosão costeira - Águas do Porto

23 | 07 | 2019   02.59H

O presidente do Conselho de Administração da Águas do Porto garantiu esta segunda-feira que a obra de extensão do quebra-mar do Porto de Leixões não vai ter implicações na qualidade da água das praias nem na erosão costeira.

"Eliminámos algo que para nós era imperioso ter, neste momento, nestas duas matérias, na questão do impacto sedimentar e erosão costeira e qualidade da água, entendemos que temos matéria e convicção para perceber que a extensão do quebra-mar não representa qualquer perigo para aquilo que nós queremos, que é pôr bandeiras azuis nas praias da cidade do Porto", afirmou Frederico Fernandes.

O presidente do Conselho de Administração da Águas do Porto, que falava durante a sessão extraordinária da Assembleia Municipal do Porto desta segunda-feira, adiantou que os estudos, encomendados pelo grupo de trabalho e acompanhamento da obra à Universidade do Porto, Universidade de Aveiro e "outros técnicos especialistas", foram "taxativos".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE