PUBLICIDADE
Actualidade

Investigação estuda qualidade e benefícios de alimentos portugueses e espanhóis

25 | 07 | 2019   09.01H

O projeto Iberphenol dispôs de 2,2 milhões de euros para o desenvolvimento de uma rede de investigação ibérica que está a criar uma base de dados com a composição fenólica de produtos, como o vinho, azeite ou frutas.

Os compostos fenólicos, constituintes naturais das plantas, são particularmente importantes em frutas, hortícolas ou plantas aromáticas e a sua identificação e quantificação revelam informações importantes a respeito da qualidade dos alimentos e dos potenciais benefícios que os mesmos podem exercer na saúde.

"O principal objetivo do projeto é evidenciar a qualidade dos produtos portugueses e espanhóis com base na constituição dos produtos fenólicos", afirmou à agência Lusa Eduardo Rosa, investigador do Centro de Investigação e Tecnologias Agroambientais e Biológicas (CITAB), da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), em Vila Real.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE