PUBLICIDADE
Actualidade

Human Rights Watch insta África do Sul a legalizar prostituição para acabar pandemia do HIV

07 | 08 | 2019   08.30H

A organização Human Rights Watch (HRW) recomenda à África do Sul que legalize a prostituição, considerando que o Governo impede os esforços para acabar com a pandemia do HIV ao tratar o trabalho sexual como crime.

No relatório, de 70 páginas, "Porque o trabalho do Sexo deve ser descriminalizado na África do Sul", hoje divulgado em joanesburgo, a organização de defesa dos direitos humanos defende que as autoridades sul-africanas "deveriam descriminalizar a troca de sexo por dinheiro praticada consensualmente por adultos", considerando que está em causa o bem-estar e segurança dos trabalhadores do sexo.

"Os profissionais do sexo na África do Sul enfrentam prisão, detenção, assédio e abuso da polícia, o que também os impede de reportar violações ou outros ataques brutais de que são alvo", afirma Liesl Gerntholtz, vice-diretora executiva do Human Rights Watch.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

2 comentários

  • As celebres descolonizações a poiadas na sua maioria pela ONU com os seus três DDD.Descolonização Democracia e finamente desenvolvimento.Esta visão resultou na formação de ditaduras.milhares de mortes e por fim a crse dos migrantes.Tudo que diz ONU é para não cumprir só da miséria e introdução de valores contra culturas ancestrais,logo maiss desconforto e guerras.
    guerra | 10.08.2019 | 15.29Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Apoiado!
    Mrsrosa55 | 07.08.2019 | 10.06Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE