PUBLICIDADE
Actualidade

Maternidades do sul a meio gás e grávidas "saltam de hospital em hospital" - Ordem

07 | 08 | 2019   11.03H

As maternidades da região de Lisboa e do sul do país estão todas a funcionar a meio gás e as grávidas andam a "saltar de hospital em hospital", afirma o presidente da secção regional Sul da Ordem dos Médicos.

O Correio da Manhã noticia hoje a morte de um bebé de uma mulher grávida, com 32 semanas de gestação, e que teve de ser transferida de Faro para o Amadora-Sintra, em Lisboa, por insuficiência de recursos no Algarve.

Sem querer referir-se ao caso em concreto, o presidente da secção regional Sul da Ordem, Alexandre Valentim Lourenço, lamenta que não tenham sido tomadas medidas para assegurar um funcionamento adequado das maternidades durante o período do verão.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • não há dinheiro não há funcionamento adequado de todo o SNS que já é um falso mito e não uma conquista real de mais valia gratificante para o POVO.O SNS e SITNS precisa de ser repensado.45 anos de social democracia e o Paíssi nao acrescentou valor suficiente para se aproximar dos mais desenvolvidos persistindo na cauda da EUROPA.Melhoramos poucochinho em quase meio seculo e ultimamente a teoria do saque fiscal,confisco -agencia das floresta etc é a formula de ocupação e que bens privados têm que prestar serviço militar obrigatório digo serviço social sacado.
    Hgakan | 07.08.2019 | 13.55Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE