PUBLICIDADE
Motoristas

Saída de camiões cisterna revolta piquete de greve que acusam colegas de "traidores"

13 | 08 | 2019   17.55H

A saída de camiões cisterna, na tarde de hoje, da Companhia Logística de Combustíveis (CLC), em Aveiras de Cima, no distrito de Lisboa, gerou revolta no piquete de greve ali concentrado, que insultou os motoristas que os conduziam.

"Cobardes" e "traidores" foram algumas das palavras proferidas por um grupo de trabalhadores perante a saída de alguns colegas com os camiões, no segundo dia de greve dos motoristas.

"A nossa revolta é porque estes cobardes estão a fazer isto para agradar aos patrões. Isto nem se trata de cumprir os serviços mínimos", afirmou à agência Lusa um dos motoristas em greve, que se encontrava mais exaltado.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE