PUBLICIDADE
Actualidade

Ex-PM de Cabo Verde aprova venda da TACV mas pede comissão parlamentar às privatizações

14 | 08 | 2019   05.00H

O ex-primeiro-ministro cabo-verdiano José Maria Neves mostrou-se hoje "absolutamente de acordo com a privatização da TACV", mas criticou a falta de transparência no plano de privatizações do Governo, defendendo a criação de uma comissão parlamentar de acompanhamento.

A posição foi assumida em entrevista à agência Lusa, na cidade da Praia, pelo ex-primeiro-ministro (2001-2016) e ex-líder do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV), atualmente professor na Universidade de Cabo Verde.

"Não tenho todos os dados, mas devo dizer-lhe que estou absolutamente de acordo com a privatização da TACV [Transportes Aéreos de Cabo Verde]. Discordo em absoluto das medidas iniciais tomadas: a desativação dos voos inter-ilhas e da suspensão dos voos para a Praia e São Vicente. Felizmente esses voos estão a ser retomados, mas há vários dados deste negócio que não são conhecidos", começou por observar o ex-primeiro-ministro, do PAICV.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE