PUBLICIDADE
Actualidade

Twitter bane propaganda dos 'media' controlados pelo Estado após suspender contas associadas à China

20 | 08 | 2019   07.54H

A rede social Twitter informou hoje que não aceitará mais "propaganda de órgãos de imprensa controlados pelo Estado", condenando comportamentos "manipuladores", depois de anunciar que suspendeu quase mil contas associadas ao regime chinês.

"Comportamentos ocultos e manipuladores não têm lugar no nosso serviço - eles violam os princípios fundamentais sobre os quais a nossa empresa foi construída", defendeu o Twitter, em comunicado.

Na mesma nota, o grupo detalha que aquela medida não abrange órgãos independentes financiados pelos contribuintes ou que apenas se dedicam a conteúdo de entretenimento, desporto e viagens.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE