PUBLICIDADE
Actualidade

Líder de movimento separatista anglófono nos Camarões condenado a prisão perpétua

20 | 08 | 2019   16.59H

O líder de um movimento separatista anglófono camaronês, assim como nove dos seus seguidores, foram hoje condenados a prisão perpétua num tribunal militar, noticia hoje a agência France-Presse.

Julius Sisiku Ayuk Tabe e os restantes nove condenados foram acusados de ofensas como "terrorismo e secessão", anunciou um advogado ligado ao processo, citado pela AFP.

A sentença atribuída na capital camaronesa, Yaoundé, foi confirmada pelo advogado dos separatistas, Joseph Fru, que condenou o que diz ser uma "paródia da justiça".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE