PUBLICIDADE
Actualidade

Chaves vê "incongruências" na inscrição do Setúbal na I Liga e quer justiça

22 | 08 | 2019   22.26H

O Desportivo de Chaves vê "incongruências" na inscrição do Vitória de Setúbal na temporada 2019/2020 na I Liga portuguesa de futebol e espera que seja "feita justiça", disse à agência Lusa o advogado do clube da II Liga.

"Naturalmente que o Desportivo de Chaves, perante uma situação destas, tão pouco clara relativamente à aprovação [da inscrição] do Vitória de Setúbal tem a expetativa de que seja feita justiça quanto à sua posição", destacou Mário Paiva, advogado do conjunto flaviense.

A aprovação por parte Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) do processo de inscrição dos clubes do principal escalão para a época 2019/2020, em listagem divulgada em 21 de junho, levou o Desportivo de Chaves, despromovido à II Liga, a apresentar um recurso ao Conselho de Justiça (CJ) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), por alegadas falhas nos pressupostos financeiros apresentados pelo conjunto setubalense, e que foi recusado, em decisão conhecida em 19 de julho.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE