PUBLICIDADE
Actualidade

G7 discute a partir de hoje Irão, 'Brexit', Amazónia e economia mundial

24 | 08 | 2019   05.29H

As divergências em relação ao Irão, ao 'Brexit', aos fogos na Amazónia e ao comércio mundial deverão marcar a cimeira das grandes potências industriais (G7) que se inicia hoje em Biarritz, França.

O Presidente de França, Emmanuel Macron, recebe naquela estância balnear do sudoeste do país, os dirigentes dos Estados Unidos, Donald Trump, Reino Unido, Boris Johnson, Alemanha, Angela Merkel, Itália, Giuseppe Conte, Canadá, Justin Trudeau, e Japão, Shinzo Abe.

Em Biarritz vão também estar o presidente do Conselho da União Europeia (UE), Donald Tusk, e vários chefes de Estado e de Governo convidados pela Presidência francesa, entre os quais o indiano Narendra Modi, o egípcio Abdel Fattah al-Sisi, o chileno Sebastian Piñera, o ruandês Paul Kagame ou o senegalês Macky Sall.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • Qulquer decisão tem que estar de acordo com os interesses globais dos EUA,dentro dos G/ sao os únicos que supremacia e poder para firmar qualquer acordo.Será portanto um encontro sem qualquer interesse a não ser a harmonização comercial se o intentarem.A EU e restantes dependem dos EUA e por estranho que pareça a EU trai EUA e compra por exemplo gás á RUSSIA logo não terá qualquer hipótese de acordo com TRUMP que será a figura principal .A RUSSIA não faz parte mas vai estar presente na DISCUSSÂO.
    nicas | 24.08.2019 | 08.41Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE