PUBLICIDADE
Actualidade

"Patrulhas pata" da Marinha utilizadas em mais de uma centena de ações este ano

25 | 08 | 2019   22.45H

Os 10 cães do Núcleo Cinotécnico da Marinha Portuguesa já participaram em 103 ações desde o início do ano, entre busca e deteção de estupefacientes, explosivos ou demonstrações, anunciou hoje aquele ramo das Forças Armadas.

Um dia antes de se assinalar o Dia Mundial do Cão, a Marinha dá conta de que, desde janeiro, o seu núcleo cinotécnico já foi empenhado em 103 ações, nomeadamente "51 ações de busca e deteção de estupefacientes, seis ações de busca e deteção de explosivos e ainda 46 demonstrações cinotécnicas".

Atualmente, esta unidade é composta por oito militares fuzileiros e 10 cães, "dos quais cinco atuam na área de busca e deteção de estupefacientes e cinco na área de busca e deteção de explosivos".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE