PUBLICIDADE
Actualidade

Oito em cada 10 portugueses defende políticas públicas para hábitos alimentares saudáveis

04 | 09 | 2019   00.01H

Oito em cada 10 portugueses consideram que o Governo deve intervir para promover hábitos alimentares mais saudáveis e a maioria apoia de forma expressiva o alargamento de medidas como a redução de açúcar nalguns alimentos.

Segundo o II Grande Inquérito sobre Sustentabilidade, hoje divulgado, o controlo das refeições nas escolas, reduzindo as ofertas menos saudáveis, a promoção da agricultura biológica e a redução do desperdício alimentar são algumas das áreas em que os portugueses defendem a aplicação de políticas públicas.

Os sumos, os bolos, chocolates e doces, os molhos, os leites aromatizados, os cereais e as águas aromatizadas estão entre os produtos mais escolhidos para serem também alvo de medidas de taxação no que respeita ao açúcar, embora a grande prioridade sejam os sumos e os produtos típicos de pastelaria tradicionalmente mais associados ao açúcar (bolos, chocolates e doces).

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE