PUBLICIDADE
Actualidade

Novo estudo diz que erradicação da malária é possível até 2050

08 | 09 | 2019   23.30H

O objetivo da erradicação global da malária, uma das doenças mais antigas e mortais do mundo, pode ser alcançado até 2050, segundo um novo estudo publicado hoje pela comissão para a malária da revista científica The Lancet.

"Um futuro livre de malária [...] pode ser alcançado tão cedo como 2050", revela o estudo, da autoria de 41 dos principais especialistas mundiais em malária, ciências biomédicas, economia e políticas de saúde.

O estudo sintetiza as evidências científicas, combinando-as com novas análises epidemiológicas e financeiras que demonstram que - com as ferramentas e estratégias certas e o financiamento adequado - a erradicação da doença é possível no espaço de uma geração.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE