PUBLICIDADE
Actualidade

Ministra rejeita barreiras a medicamentos inovadores por motivos financeiros

10 | 09 | 2019   17.50H

A ministra da Saúde rejeitou hoje que existam dificuldades no acesso a medicamentos inovadores por motivos financeiros em Portugal e remeteu para os peritos e técnicos um entendimento sobre os fármacos para o cancro.

"Não há qualquer restrição ao acesso à inovação por razões de natureza financeira, como casos recentes o mostram de uma forma clara e inequívoca", afirmou a ministra Marta Temido em declarações aos jornalistas à margem de uma cerimónia da Direção-Geral da Saúde que hoje decorreu em Lisboa.

A ministra foi questionada sobre a posição assumida hoje pela Ordem dos Médicos que afirma que há clínicos que estão a ser "impedidos de proteger a vida de doentes com cancro", denunciando barreiras no acesso a "medicamentos potencialmente inovadores" que colocam "doentes em risco de vida".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE