PUBLICIDADE
Actualidade

Parlamento condena criação do museu Salazar com abstenção do PSD e CDS

11 | 09 | 2019   16.34H

O parlamento condenou hoje a criação de um museu dedicado a Salazar em Santa Comba Dão, terra natal do ditador, Viseu, aprovando um voto do PCP por considerar ser uma "afronta à democracia".

Na hora da votação, PSD e CDS abstiveram-se, mas a maioria de esquerda - PS, BE, PCP e PEV - aprovou o voto apresentado pelos comunistas à comissão permanente da Assembleia da República, órgão que substitui o plenário do parlamento durante as férias.

PSD, CDS e PS anunciaram declarações de voto sobre esta matéria que tem causado polémica nas últimas semanas

Destak/Lusa | destak@destak.pt

11 comentários

  • Ai, sim? Condenam um museu dedicado a Salazar? Mas se fôr um museu dedicado ao Mar ió Só Ares... aquele que espezinhou a bandeira portuguesa, foi presidente, e quando morreu lá foi tapado com uma bandeira (só foi pena não ter sido a mesma bandeira que ele espezinhou), hã dizia eu, um museu dedicado a ele já não condenam?
    anónimo | 13.09.2019 | 20.13Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • O Doutor Oliveira Salazar amava o seu País como ninguém, ele fez possível e o impossível pela sua Pátria, como qualquer Rei, ou Presidente não lhe era possível estar em todo lado para ver esta raça de trafulhas que nunca chegam a um consenso, seja no governo, ou em qualquer negociação. Contudo devo salientar, que a "Europa" tinha apenas saído desse grande flagelo que fora a "guerra" de 1945 e que Portugal como toda a "Europa" gostariam de ter alguém de respeito, que não se vendia nem ia em tretas, para governar o seu País a época tão fragilizado. Portanto é dar graças a Deus pelo o seu enviado "Doutor Oliveira Salar". Florinda Maria Oliveira Correia.
    anónimo | 13.09.2019 | 19.27Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • para Fausto: o nazismo nasceu em Munique, não em Berlim para outros: Salazar não merece elogias; A ditatura e a política colonial são as piores páginas da história de Portugal (e outros países). Isso não há nada a ver com a democracia.
    Leo De Clercq | 12.09.2019 | 21.08Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Para muitos Portugal estóricamente foi parido em 1975 pelos comunistas ,não houve antes nem depois,a libertação foi ação comunista.A realidade é diferente e não se percebe a RAIVA pela segunda republica que nunca conseguiram vencer.Alvaro Cunhal antes de entrar no País e com medo de cilada primeiro informou-se se a revolução era segura para ele e podia entrar em Portugal e realmente depois em apoteose regressou ao País de origem.Portugal tem 800 anos de estória vamos apagar 750 anos de existência?Estes extremismos fundamentalismos e radicais demonstram bem que como governos de extrema esquerda o País ficaria de patas para o ar e NOVA HISTÓRIA.
    carolino | 12.09.2019 | 15.51Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Bem quem conhece BERLIM onde nasceu o nacional -socialismo de Hitler e pode ver na avenida principal o que restou da Catedral após bombardeamento e e o museu com plasmas e artifícios que mostram história de HITLER e grandes guerras não entende setores nacionais em que .Portugal se poe-se em bicos de pés e quer comparar regimes e que os resistente comunistas,formiga branca etc foram os maiores resistentes da estória do MUNDO.Muito fogo mediático e nada fizeram de relevante mesmo.Quem mudou regime foram MILITARES com as costa quentes pela ONU e países democráticos.Conhecendo as tecnicas de tortura possíveis é evidente que todos cuspiram o que sabiam.O regime era atroz ,mas ALVARO CUNHAL licenciou-se em direito enquanto preso.Se a VERDADE global vier ao de cima muitos vao ficar mal na fotografia?.Atentado á democracia é esconder parte da estória com medo da sua dissecação , discussão e analises.Inédito é ser o único português que ganhou eleições depois de MORTO em concurso na TV.
    fausto | 12.09.2019 | 15.29Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Pela pouca vergonha do PS, CDU e BE votarem contra e a falta de vergonha do PSD e CDS em se absterem, é por isso que irei votar CHEGA
    Alvaro | 12.09.2019 | 08.25Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Façam um referendo vamos haver quem vai ganhar?Os comunas e bloquistas sâo minorias como os ciganos nada mais!
    farsolas | 11.09.2019 | 21.17Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • A democracia é para todos ou unicamente para alguns?
    farsolas | 11.09.2019 | 21.06Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Não vejo nada de mais em haver um museu dedicado a Salazar. Porque não? Faz parte da nossa história e a esta distância temporal faz-me lembrar aquela frase em que se diz que "o leão não é tão mau como o pintam". Foi ditador? Dizem que sim. Mas no seu governo não havia sub(in)venções vitalícias nem outras mordomias como viaturas com motorista e meia dúzia de guarda-costas para cada um. Ditador? Porque não deixou que abusassem do poder em proveitos próprios como temos visto vários casos nesta época? Ditador? Penso que ele queria evitar que o país fosse o "pau mandado" que agora é. Isto agora é que é ditadura, dão-lhe é outro nome que assim ninguém desconfia.
    anónimo | 11.09.2019 | 20.59Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • O fascismo nunca existiu em Portugal. Infelizmente não tínhamos, nem temos uma classe operária como Itália tinha nessa altura. Não tínhamos indústria, nem vamos ter, nunca. Tivemos um regime imposto pela via militar, que o problema da dívida por resolver, colocou na mãos do Salazar. O homem do sei o que quero e para onde vou. A tropa, como sempre, veja-se o caso recente em que o Salazar Costa os manda furar uma greve e eles lá foram. O respeitinho de que falava Salazar. A tropa abanou as orelhas e tal como agora aceitou sem escoicear. Haver um Museu Salazar, é como haver um Museu Gulbenkian ou um Museu Mário Só Ares. Pessoalmente acho que tem lugar como qualquer outro. O espólio esse tem que ser guardado e preservado pelo Estado. É parte da Memória de Portugal e não pode estar sujeito aos caprichos de gente que aprova leis de animais, de beatas, de plástico e outras bichanices do género. Gostava de ver um Museu do COMUNISMO não não vou ter sorte com estes fifis de esquerda que por aqui andam.
    Dono dos Burros | 11.09.2019 | 18.08Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • SANTA COMBA DÃO DEVIA DE TER UM MUSEU SALAZAR PARA TODOS SABEREM QUEM FOI PARA O BEM E PARA O MAL ESTAMOS NUM PAÍS DEMOCRÁTICO É O QUE SE DIZ NÃO É O QUE SE PASSA A MAIORIA DO PS..PCP. BE PEV NÃO VIVERAM NESSE REGIME DESCONHECIMENTO TOTAL
    O povinho | 11.09.2019 | 17.32Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE