PUBLICIDADE
RCA

Militares preparados para pior cenário apesar de a situação estar estável -- ministro

12 | 09 | 2019   02.03H

O ministro da Defesa Nacional garantiu hoje que os militares que vão partir para a República Centro-Africana (RCA) estão preparados para o pior cenário, apesar da situação no país estar estável, e enalteceu o trabalho destes profissionais.

"É sempre um risco, mas os militares que saem hoje para a República Centro-Africana estão preparados e têm uma situação que é mais favorável. A nossa análise [aponta] para que a situação deve continuar no sentido da estabilização, mas eles estão preparados para se a situação piorar", afirmou João Gomes Cravinho, que falava aos jornalistas, em Lisboa, na cerimónia de despedida da 6.ª Força Nacional Destacada (FND) que parte para a República Centro-Africana.

No total, são 135 os elementos desta FND que vão partir para a RCA, com regresso agendado para março, juntando-se aos 44 militares portugueses que já se encontram no terreno.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE