PUBLICIDADE
Actualidade

Ex-PR indonésio Habibie "foi fundamental" para a história de Timor-Leste - Governo

12 | 09 | 2019   10.09H

O Governo timorense considerou hoje que o ex-Presidente da Indonésia Bacharuddin Jusuf Habibie, que morreu na quarta-feira, foi uma "parte fundamental" da história de Timor-Leste ao permitir a realização do referendo que levou à independência do país.

Numa nota de pesar, aprovada numa reunião extraordinária hoje do Conselho de Ministros, o executivo timorense elogia a "muito distinta capacidade diplomática" de Habibie e recorda que o ex-Presidente indonésio enviou um pedido ao secretário-geral das Nações Unidas, Kofi Annan, em 27 de janeiro de 1999, permitindo a realização de um referendo em Timor-Leste, "através do qual se viabilizou o exercício do direito de autodeterminação do povo timorense que, por larga maioria, decidiu pela independência" do país.

Na nota, o Governo timorense manifesta "grande pesar" pela morte de Habibie e apresenta as suas "sentidas condolências" à família do ex-chefe de Estado, "associando-se à sua dor", num momento de "grande consternação para o povo da Indonésia".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE