PUBLICIDADE
Magalhães/500 anos

Comissário de "A viagem mais longa" destaca papel de navegador na concretização de "sonho" castelhano

12 | 09 | 2019   12.00H

O comissário da exposição "A viagem mais longa", António Fernandez Torres, realçou hoje em Sevilha o papel fundamental do português Fernão de Magalhães na concretização do "sonho" de Castela de ter uma rota alternativa para as especiarias.

"O sonho era do reino de Castela, que há 25 anos procurava uma nova rota para as Índias. Magalhães teve a ideia para levar a cabo esse sonho", disse António Fernandez Torres em declarações à agência Lusa à margem da inauguração da exposição "A viagem mais longa: a primeira volta ao Mundo".

O "grande" evento comemorativa do projeto pensado e iniciado há 500 anos pelo navegador português e terminado pelo espanhol João Sebastião Elcano foi inaugurado hoje pelos reis de Espanha.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE