PUBLICIDADE
Eleições

Em dia de reflexão, não haverá discursos na manifestação dos professores

12 | 09 | 2019   16.55H

Os sindicatos de professores adiantaram hoje que "registam muito positivamente" o esclarecimento da Comissão Nacional de Eleições sobre a legalidade da manifestação de 05 de outubro, véspera das legislativas e dia de reflexão, e adiantam que não haverá discursos.

"Havendo quem pusesse em dúvida a legalidade da realização de uma manifestação em dia de reflexão eleitoral, foi muito importante que a CNE [Comissão Nacional de Eleições], com a posição que tornou pública, tivesse esclarecido que ilegais seriam eventuais mensagens que pudessem ser entendidas como de campanha eleitoral, designadamente de apelo ao voto em algum/alguns partido(s) candidato(s) às eleições, o que não acontecerá", lê-se no comunicado divulgado hoje pela plataforma que junta dez estruturas sindicais de professores.

Os sindicatos adiantam ainda que, para "prevenir situações ilegais", na manifestação não haverá palavras de ordem, bandeiras, cartazes ou faixas com palavras de ordem dirigidas a qualquer organização específica, contendo apenas mensagens genéricas e no final da manifestação não haverá qualquer discurso, mas apenas saudações aos professores.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE