PUBLICIDADE
Actualidade

Comissão de inquérito de Brumadinho pede acusação da brasileira Vale

12 | 09 | 2019   19.44H

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga a rutura da barragem de Brumadinho, no Brasil, pediu que a empresa mineira Vale seja indiciada por homicídio doloso eventual, em que se assume o risco de matar, foi hoje anunciado.

Após seis meses de investigação sobre a tragédia que tirou a vida a pelo menos 249 pessoas, em janeiro, o relatório final da CPI afirma que a Vale, proprietária da barragem, "sabia de todos os riscos de rutura da estrutura".

"O conjunto de depoimentos e de dados levantados pela CPI indicou que a Vale Brasil sabia de todos os riscos de rutura da barragem em Brumadinho e que praticamente nada foi feito pela mineradora", escreveu a Assembleia Legislativa de Minas Gerais, responsável pela CPI, na rede social Twitter.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE