PUBLICIDADE
Incêndios

Suspeito de atear fogo florestal em Vila Real fica em prisão preventiva

13 | 09 | 2019   18.30H

Um homem de 51 anos detido pela Polícia Judiciária (PJ) fortemente indiciado pela prática do crime de incêndio florestal em Mouçós, concelho de Vila Real, ficou em prisão preventiva, adiantou à Lusa fonte policial.

O suspeito viu ser decretada a medida de coação mais grave e vai ficar a aguardar julgamento em prisão preventiva, após ter sido hoje presente a interrogatório judicial, revelou fonte da Polícia Judiciária de Vila Real.

A identificação e detenção foram levadas a cabo pela Unidade Local de Investigação Criminal da PJ de Vila Real.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE