PUBLICIDADE
SNS/40 anos

Gentil Martins lamenta degradação e propõe novo modelo

14 | 09 | 2019   05.01H

O cirurgião Gentil Martins lamenta a "degradação progressiva" do SNS e defende um sistema nacional de saúde em que os setores público, privado e social sejam "tratados da mesma maneira" e os utentes tenham liberdade de escolha.

Nascido em Lisboa em 1930, António Gentil Martins dividiu a sua carreira entre o Instituto Português de Oncologia, criado pelo seu avô materno Francisco Gentil e o Hospital D. Estefânia, tendo acompanhado a criação e o desenvolvimento do Serviço Nacional de Saúde (SNS).

Nas vésperas de se assinalar os 40 anos do SNS (15 de setembro), o cirurgião criticou, em entrevista à agência Lusa, o modelo de funcionamento do SNS e propôs soluções para acabar com as desigualdades.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE