PUBLICIDADE
Actualidade

Procuradores do TPI recorrem da absolvição de antigo Presidente da Costa do Marfim

16 | 09 | 2019   20.54H

Os procuradores do Tribunal Penal Internacional (TPI) recorreram hoje da absolvição do antigo Presidente costa-marfinense Laurent Gbagbo e de um seu antigo ministro por crimes contra a humanidade, decisão tomada em janeiro por um painel de juízes.

"Este recurso vai demonstrar que a Câmara de Julgamento cometeu erros legais e processuais que levaram à absolvição do sr. Gbagbo e do sr. [Charles] Blé Goudé de todas as acusações", afirmou o gabinete da procuradora Fatou Bensouda na nota de recurso.

Para os procuradores, os juízes absolveram o par "sem articularem devidamente e aplicando consistentemente um nível de prova claramente definido", referiu Bensouda.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • Bandalhos!!!!! Como é preto, tem que ser castigado. E se processassem e condenassem os presidentes americanos e aquele beato português que está na ONU por crimes de guerra?
    Dono dos Burros | 16.09.2019 | 21.25Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE