PUBLICIDADE
Actualidade

Brasil é o país lusófono com mais refugiados e Portugal o que tem maiores remessas dos emigrantes - ONU

18 | 09 | 2019   02.31H

Um relatório das Nações Unidas (ONU) revela que o Brasil é o país lusófono que acolhe mais refugiados, Portugal é o que recebe mais remessas dos emigrantes e Moçambique teve o maior aumento de estrangeiros em dois anos.

O relatório do departamento de Assuntos Económicos e Sociais das Nações Unidas, consultado pela agência Lusa, indica que o Brasil acolhe 96 mil refugiados, o maior número no universo de nove países da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP).

Portugal recebeu, em 2018, remessas no valor de 4.773,4 milhões de dólares (4.331,3 milhões de euros) dos seus emigrantes, muito mais do que qualquer outro país lusófono.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE