PUBLICIDADE
Magalhães/500 anos

Comissário espanhol que coordena celebrações diz que viagem foi fruto de "súmula de erros"

18 | 09 | 2019   05.01H

A primeira viagem de circum-navegação foi realizada entre 1519 e 1522 após uma "súmula de erros", que alterou o projeto inicial da coroa espanhola de encontrar uma rota para o comércio de especiarias por oeste, disse Alfredo Sanchez Monteseírin.

Alfredo Sánchez Monteseírin é o comissário que está a coordenar o trabalho da comissão interministerial espanhola para as comemorações do V centenário e, numa entrevista à agência Lusa, atribuiu o mérito desse "feito" ao navegador português Fernão de Magalhães e ao marinheiro espanhol Juan Sebastian Elcano, embora cada um desempenhando um papel próprio para que a viagem se concretizasse.

"Aqui houve um cúmulo de circunstâncias que contribuíram para a grandeza do feito. Magalhães é um elemento principal, era quem tinha na cabeça a possibilidade - e não só o sonho e a vontade, mas também os dados científicos de um navegante bem formado - de que se poderia chegar às Molucas e ir buscar especiarias pelo lado contrário aquele por onde se ia normalmente", afirmou Alfredo Sánchez Monteseírin.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE