PUBLICIDADE
Actualidade

Primeiro-ministro israelita exclui árabes das negociações, líder da oposição pede governo de unidade

18 | 09 | 2019   05.20H

O atual primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, pediu hoje um "forte Governo sionista", enquanto o líder da oposição, Benny Gantz, apelou à formação de um "governo de unidade", depois de um aparente empate técnico nas legislativas.

Netanyahu, que este ano superou o primeiro-ministro fundador de Israel David Ben-Gurion como o líder mais antigo do país, prometeu trabalhar para alcançar um "forte Governo sionista", excluindo das negociações qualquer partido árabe.

"Vamos negociar com o maior número possível de parceiros para evitar a formação de um governo antissionista perigoso (...) não haverá e não pode haver um governo baseado em partidos antissionistas árabes, partidos que negam a própria existência de Israel como um Estado judeu e democrático", acrescentou.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • Como é possível este "estado" fazer parte da ONU?
    Dono dos Burros | 18.09.2019 | 11.01Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE