PUBLICIDADE
Actualidade

Aprovada demolição "praticamente integral" da praça de touros de Viana do Castelo

19 | 09 | 2019   19.56H

A Câmara de Viana do Castelo aprovou hoje por unanimidade a demolição "praticamente integral" da antiga praça de touros, desativada desde 2009, por considerar ser a "opção técnica e economicamente viável" para a reconversão do imóvel em 'campus' desportivo.

"Estamos a utilizar uma prerrogativa prevista no regulamento do Plano de Pormenor do Parque da Cidade (PPPC), que se prende com a alteração do uso. Há necessidade de refuncionalização do edifício e, quer a geometria quer o sistema construtivo trazem constrangimentos. Vamos manter a referência memorial do imóvel, mas vamos criar condições para, parcialmente, fazer ajustes demolindo sempre que necessário", explicou o vereador do Planeamento, Gestão Urbanística, Desenvolvimento Económico, Mobilidade e Coesão Territorial, Luís Nobre.

Em causa está a empreitada de requalificação e refuncionalização da antiga praça de touros da cidade que, em 2009, foi a primeira em Portugal a declarar-se antitourada, para equipamento destinado à função/uso desportivo, nomeadamente de ginástica.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • Um país que não preserva as suas raízes, não é um país. Estes assuntos estão entregues às bichas. Tudo bem. Expliquem-me lá se todas formos bichas como é que nos reproduzimos. É que por enquanto ainda há quem não seja e sempre é um fonte de abastecimentos de crianças para a justiça roubar às famílias e entregar a estes abortos sexuais. Quanto às praças de toiros. Preferia ver derrubada a Assembleia da República, a instituição, que o edifício não tem culpa de ser o antro em que se tornou. Querem um campus desportivo, para os predadores sexuais atacarem à vara larga?
    Dono dos Burros | 19.09.2019 | 21.06Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE