PUBLICIDADE
Actualidade

Enfermeiros querem pedido de desculpas de PM e ministra sobre 'crowdfunding'

20 | 09 | 2019   16.04H

A bastonária dos Enfermeiros disse hoje que "ficava bem" ao primeiro-ministro e à ministra da Saúde pedirem desculpa aos enfermeiros e a si pelas insinuações de que teria desviado verbas da ordem para o 'crowdfunding' da greve cirúrgica.

Ana Rita Cavaco reagia desta forma ao resultado da ação da inspeção da Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) a quatro plataformas eletrónicas de financiamento colaborativo (PPL, Novobancocrowdfunding, Boaboa e Crowdfunding) que estavam ativas no início do ano, entre as quais a que promoveu a campanha de recolha de fundos promovida pelos enfermeiros.

Na sequência da inspeção, a ASAE não encontrou ilícitos na campanha promovidas pelos enfermeiros, através da PPL para financiar duas greves nos blocos operatórios, que decorreram entre 22 de novembro e 31 de dezembro de 2018 e em fevereiro deste ano. No total, os enfermeiros angariaram mais de 720 mil euros.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE