PUBLICIDADE
Clima

As duas centrais a carvão podem encerrar a meio da década - Ministro do Ambiente

21 | 09 | 2019   05.05H

A central termoelétrica de Sines pode encerrar a meio da próxima década, bastante antes da data limite inicialmente avançada pelo Governo, admite o ministro do Ambiente e da Transição Energética, João Pedro Matos Fernandes.

O Governo, no âmbito dos objetivos de atingir a neutralidade carbónica em 2050, decidiu encerrar até 2030 as duas centrais termoelétricas, Pego e Sines. Mas em maio passado o ministro João Pedro Matos Fernandes avançou que o Governo quer encerrar a central de produção de eletricidade a carvão do Pego em 2022, não se comprometendo com uma data para Sines.

Agora, numa entrevista à Agência Lusa a propósito da cimeira sobre o clima que se realiza na segunda-feira em Nova Iorque, o ministro disse que espera chegar a 2025 com uma central encerrada (Pego) e a outra (Sines) ou encerrada também ou prestes a encerrar.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE