PUBLICIDADE
Eleições

BE pede garantias de carreira contributiva a cuidadores informais

21 | 09 | 2019   11.41H

A coordenadora do BE alertou hoje que na próxima legislatura vai ser precisa "capacidade orçamental" para concretizar o estatuto do cuidador informal, nomeadamente para garantir a "carreira contributiva" a pessoas que não trabalharam para tratar de familiares dependentes.

"O estatuto do cuidador informal foi aprovado, mas é preciso que na próxima legislatura se concretize e que, nomeadamente, seja garantida a carreira contributiva pelos anos que pessoas ficaram a cuidar de quem precisa. Precisamos [o BE] de mais força para que, na próxima legislatura, o que foi aprovado em lei se concretize com capacidade orçamental para os apoios chegarem a todos os que precisam", afirmou Catarina Martins.

A coordenadora do BE falava numa ação de pré-campanha para as eleições legislativas de 06 de outubro, na feira semanal da Senhora da Hora, concelho de Matosinhos, distrito do Porto.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE