PUBLICIDADE
Eleições/Madeira

PSD admite coligação de governo com CDS depois de "vitória do centro-direita"

23 | 09 | 2019   01.35H

O PSD perdeu no domingo pela primeira vez a maioria absoluta do parlamento da Madeira, mas os sociais-democratas parecem já ter encontrado a chave para a estabilidade com uma "coligação de governo" com o CDS-PP.

"Será um acordo de coligação de governo", disse Miguel Albuquerque, líder social-democrata madeirense e atual presidente do Governo Regional, na reação aos resultados das eleições regionais, adiantando que já falou com o líder do CDS-PP da Madeira, Rui Barreto, e que houve manifestação pública de ambos para uma coligação.

Nas eleições disputadas no domingo, o PSD venceu com 39,42% dos votos, mas perdeu, pela primeira vez, a maioria absoluta, elegendo 21 dos 47 deputados. Em 2015, os sociais-democratas tinham segurado a maioria apenas por um deputado, conquistando 24 mandatos e 44,36%.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE